7 dicas para vender coaching vocacional em escolas e universidades

coaching vocacional

Escolher uma carreira é um dos momentos mais difíceis da vida de um estudante. Mas o coaching vocacional pode tornar essa decisão mais fácil e eficaz.

A definição profissional acontece, normalmente, quando os jovens ainda não têm seus objetivos claros, o que provoca diversas dúvidas, medos e decisões equivocadas. A função desse tipo de orientação é proporcionar o autoconhecimento e o entendimento de quais são as escolhas mais adequadas.

Portanto, tal modalidade do coaching tem um grande campo de atuação. Mas, para conquistar clientes, é preciso traçar boas estratégias e implantar ações que alcancem os locais nos quais estão os potenciais coachees, como escolas e universidades.

Neste artigo, explicarei o que é e como funciona o coaching vocacional, além de apresentar 7 dicas para vendê-lo e conquistar clientes em instituições de ensino. Confira!

O que é o coaching vocacional?

coaching vocacional tem como objetivo ajudar as pessoas a descobrirem seus objetivos profissionais e decidirem qual carreira seguir. O processo acontece por meio de uma investigação profunda sobre seus gostos e aptidões, além de um planejamento eficiente de práticas que levem o coachee a alcançar as metas definidas durante as sessões.

Os clientes desse tipo de coaching são, geralmente, estudantes no último ano do ensino médio que precisam escolher o curso de graduação ou universitários insatisfeitos com as carreiras pelas quais optaram.

Além disso, a orientação pode ser procurada por alunos no final do ensino básico que desejam fazer um curso técnico ou começar a se preparar para a faculdade desde cedo. Entre as questões trabalhadas durante um processo de coaching vocacional, estão:

  • autoconhecimento;
  • gatilhos motivacionais;
  • percepção de valores;
  • identificação de talentos e interesses;
  • investigação de áreas profissionais.

Como o coach pode orientar a escolha profissional?

O coach vocacional orienta a decisão de seu cliente por meio de um processo constituído de várias etapas. Elas permitem que o coachee conheça a si mesmo, explorando possibilidades e identificando suas capacidades ou limitações. Algumas das fases do processo de coaching vocacional são:

  • apresentação — momento em que o coach e o estudante se conhecem e começam a determinar as diretivas do trabalho;
  • autoconhecimento — com a utilização de ferramentas e práticas adequadas, o coach ajuda a pessoa a conhecer a si mesma;
  • planejamento — com base nas informações obtidas na etapa anterior, o coach e o coachee fazem um planeamento de ações;
  • pesquisa — nessa fase, é realizada uma investigação sobre as instituições de ensino e o mercado de trabalho;
  • autonomia — ao final do processo, o estudante deve conseguir agir com autonomia, conseguindo elaborar estratégias e planos de forma independente;
  • avaliação — o coach e o coachee avaliam continuamente o processo para saber quais resultados estão sendo obtidos.

Como vender o coaching vocacional em instituições de ensino?

O coaching vocacional proporciona diversos benefícios aos estudantes, mas, para conquistar clientes, é preciso vender o processo de forma estratégica. A seguir, apresentarei 7 dicas para conseguir coachees em escolas e universidades. Aproveite!

1. Entenda as dificuldades dos estudantes

O primeiro passo para vender seu serviço é gerar valor aos clientes. Portanto, é indispensável entender quais são os principais problemas que os estudantes enfrentam e como o coaching pode ajudá-los.

Dessa forma, é preciso considerar os diferentes perfis presentes entre as pessoas que necessitam desse tipo de orientação. Características culturais ou sociais são relevantes e devem ser analisadas durante a preparação das propostas.

2. Invista em marketing pessoal

Todo profissional que deseja ser bem-sucedido em sua área de atuação precisa criar uma marca pessoal estruturada. E isso é ainda mais importante para o coach.

Portanto, é fundamental pensar em sua imagem como a de uma empresa, com visão, missão e valores definidos. Assim, é possível criar ofertas atraentes e divulgar seu trabalho por meio de estratégias de marketing.

3. Tenha um blog

Um blog no qual você possa compartilhar seu conhecimento é uma excelente forma de mostrar o poder do coaching vocacional e conseguir mais clientes. Tal recurso serve como um cartão de visita e uma forma de gerar indicações dentro das instituições de ensino.

4. Divulgue os resultados de seu trabalho

Os resultados obtidos por seus clientes são sua melhor propaganda. Eles precisam ser divulgados para que, assim, atinjam outras pessoas que possam se interessar por um processo de coaching vocacional.

Essa divulgação pode ser feita por meio de histórias inspiradoras e depoimentos de antigos clientes que se beneficiaram com o seu trabalho, por exemplo. Caso esteja começando na área e ainda não tenha casos de sucesso, realize pesquisas e faça comparativos de dados que mostrem as vantagens desse tipo de orientação.

5. Ofereça palestras sobre o coaching vocacional

Entre em contato com as escolas e universidades para oferecer palestras sobre o coaching vocacional. Nelas, você deve abordar as vantagens que o processo pode trazer para o futuro dos estudantes.

Muitas vezes, os jovens apresentam dificuldades em escolher qual carreira seguir, mas os professores e orientadores não sabem como ajudar ou encontrar alguém qualificado que consiga suprir tal demanda.

Assim, a parceria é vantajosa tanto para o profissional, que conquista mais clientes, quanto para a instituição, que encontra uma forma eficiente de auxiliar os alunos.

6. Crie uma rede de contatos

As indicações são indispensáveis para conseguir clientes dentro das instituições de ensino. Mas elas também servem para estabelecer relacionamentos construtivos, que ajudem na obtenção de conhecimento e na evolução da carreira.

Uma das formas de criar uma boa rede de contatos é frequentar eventos nos quais estejam presentes outros profissionais da área ou possíveis coachees.

7. Esteja sempre atualizado

Para atrair clientes e conseguir valorizar seu trabalho, é indispensável saber as novidades da área de coaching vocacional e obter novos conhecimentos sempre. Dessa forma, é possível se tornar um profissional cada vez melhor, oferecer diferenciais aos coachees e descobrir maneiras de diferenciar sua atuação.

Para tanto, procure cursos de atualização e especialização, encontre livros ou materiais que forneçam novos conhecimentos, participe de eventos ou palestras e converse com outros profissionais da área.

O coaching vocacional tem um grande campo de atuação, pois é um processo que oferece diversos benefícios para os estudantes. Com uma boa formação e as dicas apresentadas neste artigo, é possível mostrar o poder de tal tipo de orientação e conquistar clientes em escolas ou universidades.

Gostou de nossas sugestões? Quer aprender mais sobre o coaching vocacional? Entre em contato conosco e descubra como podemos ajudar você!

(1) Comment

  • Dilson Cardoso da 14 de julho de 2018 @ 07:46

    Saudações,

    Muito útil, importante o Coaching Vocacional,pois, adolescentes,jovens têm dúvidas referente carreira a seguir e presencio, trabalhando em escolas, Cursinho Pré-Vestibular.
    Meu objetivo maior agora é investir em Coaching Vocacional, decisão mesmo e crescer, ajudando pessoas realizarem sonhos.
    Muito bom!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X