Microfranquias são uma boa oportunidade para começar a empreender?

Está interessando em empreender, mas ainda não sabe em qual modalidade de negócios investir? Saiba que as microfranquias podem ser a opção que você procura.

O sistema de franquias, independentemente do porte, funciona do mesmo modo: o franqueado paga uma taxa ao franqueador, que lhe concede o licenciamento.  A partir daí, há uma série de direitos e deveres que precisam ser cumpridos pelas duas partes.

Para que você entenda melhor esse conceito e suas características, listei abaixo algumas informações importantes. Continue lendo para descobrir se essa é a oportunidade de negócio que você está procurando!

Quais são os tipos de franquias?

Existem pelo menos 3 modelos de franquias:

  • unitárias, em que é adquirido o direito de instalar e operar apenas uma unidade;
  • másters, em que o franqueado pode terceirizar e instalar diversas unidades em uma área delimitada;
  • de desenvolvimento de área, o franqueador cede o domínio de uma área geográfica ao franqueado que, por sua vez, pode assumir o papel de franqueador para abertura de novas franquias e receber porcentagem das taxas e royalties.

Além dessa diferença é importante ressaltar que, especialmente no caso das pequenas franquias, nem sempre é necessário um ponto comercial para operar. Grande parte delas podem ser operadas em regime home based e as atividades comerciais podem ser executadas pelo próprio empresário.

Por que a microfranquia é uma boa oportunidade para começar a empreender?

Há uma série de fatores que contribuem para que elas sejam uma boa opção de empreendimento. Acompanhe!

Pronta para operar!

Geralmente, as taxas pagas pelos franqueados incluem também os custos de instalação. Ou seja, a franquia ficará pronta para operação!

Outro ponto positivo é que as franquias definem padrões para todas as operações na empresa, desde atendimento ao cliente até a disposição do ambiente físico das lojas ou estrutura dos sites.

Menor custo de entrada!

A microfranquia se caracteriza por exigir um investimento relativamente pequeno. Segundo o Sebrae, o investimento médio inicial é de até R$ 44.167,00.

Como já citado anteriormente, a padronização das operações também contribui para evitar desperdícios de recursos.

Modelo de negócios já consolidado!

A maior vantagem de investir em um negócio desse porte é obter o privilégio de se apropriar de um modelo de negócios que funciona e é bem aceito pelo mercado e consumidores. Além disso, o empresário passa a ter acesso ao know-how da marca e os riscos passam a ser bem menores.

Quais são as microfranquias do mercado?

Agora que você já entendeu algumas das características do sistema de franquias, conheça alguns exemplos de redes que recebem novos franqueados.

Credfácil

  • Área de atuação: Financeira
  • Investimento: de 35 a 120 mil, dependendo da quantidade de habitantes da área geográfica em que a unidade será instalada.

SMS Digital

  • Área de atuação: Comunicação Móvel;
  • Investimento: em torno de 5 mil.

Tutores

  • Área de atuação: Serviços Educacionais;
  • Investimento: de 25 a 55 mil.

Limpidus

  • Área de atuação: Limpeza e conservação;
  • Investimento: em torno de 50 mil.

Uva e Verde

  • Área de atuação: Casa e construção;
  • Investimento: em torno de 5 mil.

Como você pôde perceber, os valores dos investimentos iniciais variam bastante de acordo com a área de atuação e com os recursos necessários para começar a operar. Empreender pode ser um desafio, mas iniciar com uma microfranquia torna essa tarefa mais predisposta ao sucesso.

Ainda não tem certeza se as microfranquias são uma boa oportunidade para começar um negócio? Leia meu próximo artigo: como avaliar se vale a pena pedir demissão para empreender!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X