Planejamento pessoal e de carreira

um homem sentado na frente do computador digitando

Planejamento pessoal e de carreira é um meio para alcançarmos nossos principais objetivos de vida. Nesse sentido, as metas a serem alcançadas são as mais variadas.

Situação financeira estável, bem-estar em relação ao próprio corpo, um emprego melhor, uma casa própria, viajar…. São apenas algumas entre tantas que podemos citar.

Identificou-se? Naturalmente todo ser humano tem ambições e desejos de curto e longo prazo. Por exemplo, a maioria de nós, no início de cada ano, costuma fazer uma lista daquilo que queremos realizar até dezembro.

Infelizmente, a maioria dos planos traçados nem sequer sai do papel. E não é necessariamente por falta de vontade, mas sim por ausência do já mencionado planejamento pessoal e de carreira, que vai muito além de nossa listinha de objetivos para o ano.

Pensando nesse contexto, organizei o artigo de hoje para que você conheça, de verdade, o que é planejamento pessoal e de carreira.

 

O que é planejamento pessoal e de carreira?

Eis que você já tem bem definido qual o seu grande objetivo de carreira ou de vida. Veja bem, nesse caso não vale simplesmente definir: “quero ser bem-sucedido” ou “quero ser uma pessoa feliz.”.

Sem dúvidas, estamos falando de anseios legítimos, mas que carecem de maior objetividade. Portando, para começar o seu planejamento pessoal e de carreira, você deverá traduzir as palavras “bem-sucedido” e “feliz” em metas claras e palpáveis — nos restringindo ao exemplo citado.

A partir desses objetivos já bem delimitados, o planejamento servirá para organizar a sua caminhada. Suponhamos que o seu grande sonho seja alçar o seu negócio a um novo patamar. Na prática, isso poderá significar dobrar o seu atual faturamento.

Com o planejamento, você fará uma análise de cenário para verificar quais esforços você deve empreender para ter sucesso em sua jornada.

Ao pensar em aumentar seu faturamento, por exemplo, podemos estabelecer algumas etapas para se chegar a esse objetivo, como fidelização de uma grande carteira de clientes e crescimento da autoridade da sua marca. Ao passar por essas e outras etapas, você estará mais próximo do seu objetivo final.

 

Como fazer meu planejamento pessoal e de carreira?

Agora que você já tem uma noção sobre o que é planejamento pessoal e de carreira, é chegado o momento de elaborar o seu próprio planejamento. Para tanto, organizamos todo o processo em etapas para que você possa se situar.

Trace seus objetivos

Como já mencionado anteriormente, traçar com clareza seu objetivo é fundamental. Isso porque o pior cenário possível em qualquer planejamento, é não saber aonde se quer chegar.

Nesse sentido, a nossa grande recomendação é que você estabeleça um objetivo geral. Condicione a ele pequenos grupos de metas que, por sua vez, estarão vinculados a certo número de atividades, que deverão ser cumpridas dentro de intervalos de tempo específicos.

Organize-se a partir de algumas ferramentas

Para instrumentalizar o seu planejamento você poderá se valer de algumas ferramentas. Em uma simples planilha, por exemplo, você poderá organizar todas as atividades condicionadas às suas metas, assinalando uma previsão de tempo para o cumprimento de cada uma delas, como apontado no tópico anterior.

Sem esse nível de “formalização” de seu planejamento, tudo ficará mais difícil, uma vez que você perderá muito tempo simplesmente pensando no que fazer em determinados momentos.

Dessa maneira, a planilha figura como uma espécie de guia para que em cada semana você não tenha dúvidas sobre o que deve ser feito.

Escolha metas razoáveis

Do que adianta estabelecer metas que, para serem cumpridas, exigem recursos os quais você não dispõe? Com isso, queremos dizer que o seu planejamento precisa se encaixar em seu modo de vida em termos de tempo, recursos financeiros e cenário no qual sua meta esteja inserida

Saiba quais são seus recursos

Conheça todos os recursos que você tem disponíveis e os explore. Por exemplo, seu objetivo é comprar um carro, mas o seu salário não é o suficiente? Encontre algum talento que você tenha e use-o para ter uma renda extra.

Ou seu objetivo é adquirir conhecimento sobre alguma área? Converse com pessoas próximas que entendam do assunto, faça cursos e pesquise. O importante é você usar bem o que tem à disposição para conseguir atingir suas metas.

Mantenha-se motivado

Em meio a caminhada é comum nos desmotivarmos em função do cansaço físico e mental decorrido do esforço empregado na busca pelos objetivos traçados. É absolutamente normal que isso aconteça, mas você precisará encontrar meios para conservar-se longe desse tipo de sentimento.

Para tanto, é fundamental que você não perca de vista o final dessa jornada que trará à você um grande prêmio, além, é claro, da satisfação pessoal de ter obtido sucesso em um grande projeto.

 

Como criar uma planilha eficaz?

Uma das partes mais importantes de seu planejamento pessoal e profissional, é poder contar com uma planilha que reunirá informações importantes sobre atividades que você deverá desenvolver.

Dessa maneira, é importante conhecer o que não pode faltar nessa ferramenta de planejamento. Confira, a seguir, quais são os principais pontos que você se atentar para criar sua planilha.

Reúna informações completas

Procure separar as abas em categorias que possam abranger todos os aspectos de sua vida, como os seus gastos, seus objetivos pessoais, profissionais, suas metas etc. Ao ter todas as informações em mãos, será mais fácil definir prioridades, sem contar que você terá um controle maior do que faz e do que precisa fazer.

Coloque o status de suas metas

Além de ter todas as informações necessárias, é interessante que você saiba em que estágio está de cada meta. Toda vez que conseguir atingir algum passo, marque como “concluído” ou faça uma legenda de cores diferentes para o que já está pronto e o que precisa ser feito, além da prioridade de cada projeto.

Cheque sua planilha diariamente

É mais fácil você atualizar suas informações diariamente do que mexer em sua planilha mensalmente. Ao olhar com frequência, você saberá como anda o seu Planejamento Pessoal e o que precisa ser feito para que você alcance seus objetivos.

 

Quais práticas adotar em seu planejamento?

Mais do que conhecer um roteiro para criar e colocar em prática o seu planejamento pessoal e de carreira, é necessário entender quais práticas contribuirão para o sucesso dessa empreitada.

Pensando nisso, organizamos uma análise de alguns pontos importantes nesse sentido. Acompanhe:

Estipule prazos

Não existe planejamento sem se levar em consideração uma dimensão de tempo. Essa questão já foi abordada indiretamente em outra sessão desse post, mas reforçaremos esse aspecto devido a sua importância.

Imagine, por exemplo, que seu objetivo final possa ser atingido em até 3 anos. Ao longo desses 36 meses, tudo quanto você deve fazer para chegar ao final dessa caminhada também deve estar condicionado a prazos.

Sem esse “método de trabalho” tudo ficará mais difícil, uma vez que você terá a impressão que ainda resta muito tempo para que você possa correr atrás de seus objetivos.

Ao cumprir determinadas atividades dentro dos prazos estipulados você não perderá seu foco — grande problema para quem segue um planejamento pessoal e de carreira.

Aposte em uma análise de cenário

Imaginemos que você seja um profissional frustrado com a atual posição que você ocupa em sua carreira e agora, por meio de um planejamento, você pensa em perseguir um grande objetivo relacionado à sua profissão, como assumir um cargo de liderança ou coordenar grandes projetos.

Definido esse objetivo, é fundamental fazer uma análise de cenário para a sua carreira. Caso você seja um engenheiro civil, por exemplo, e o mercado esteja desaquecido, com baixíssima oferta de trabalho, o seu planejamento será elaborado de determinada maneira, tendo em vista esse cenário desanimador.

O mesmo vale para a situação contrária, em que o mercado de construção civil estivesse indo de vento em popa. Nesse caso, o seu planejamento seria ajustado a essas condições.

Percebe as diferenças? Não se pode planejar sem levar em conta as varáveis que não estão sobre seu controle. Para chegar a uma melhor posição em sua carreira, como na situação descrita pelo exemplo, você pode se empenhar ao máximo e mobilizar todos os recursos que você dispõe.

No entanto se o mercado de trabalho não apresentar condições minimamente favoráveis, suas metas dificilmente serão alcançadas. Isso não significa que você deva abandonar seus planos e, consequentemente, seu planejamento. Muito pelo contrário!

O que deve ser feito nessas situações é uma compatibilização de algumas metas frente às condições observadas na leitura de cenário. Pensando em metas financeiras, por exemplo, você deverá ajustar o quanto se pretende ganhar àquilo que o mercado pode oferecer.

Conheça você mesmo

Cada um sabe de si. Essa é uma daquelas máximas utilizadas pelas pessoas mais velhas para, em alguns casos, indicar que cada um sabe de suas obrigações, desejos e afins.

Isso resume bem o que queremos dizer com “conheça você mesmo” nessa sessão sobre boas práticas em planejamento pessoal e de carreira. Afinal, saber dos próprios limites e potenciais é fundamental.

E entender a importância disso é muito simples e intuitivo. Quem “sabe de si” não colocará em seu planejamento metas inalcançáveis ou atividades cujo cumprimento depende de determinadas práticas as quais a pessoa teria muitas dificuldades de incorporar.

Tal situação evita frustrações futuras e baixa produtividade frente ao trabalho associado ao planejamento. Isso porque o objetivo a ser alcançado é reconhecidamente possível, o que não abre margem para uma situação do tipo: “já que não é possível chegar lá, eu não me esforço mais”.

 

Como o Coaching pode me ajudar no planejamento pessoal?

Coaching conta com uma metodologia que lhe ajudará a testar seus limites, explorar seus talentos, fortalecer suas fraquezas e, consequentemente, levar você a desenvolver habilidades necessárias para entender o ponto atual de sua vida.

Além disso, todas as metas a serem traçadas com o auxílio do coaching serão benéficas para a elaboração e execução de um planejamento eficaz. Em resumo, o processo de coaching colocará você mais próximo de seus sonhos.

Com o artigo de hoje esperamos ter trazido esclarecimentos satisfatórios sobre o que é e como funciona planejamento pessoal e de carreira. Seguindo todas as orientações aqui apresentadas eu tenho a certeza que você aumentará, e muito, seu poder de realização frente aos mais diversos projetos.

Agora que você já sabe tudo sobre planejamento pessoal e de carreira, assine a nossa Newsletter! Assim, você continuará bem informado sobre diversos temas da maior relevância.

(1) Comment

  • Douglas Costa 1 de junho de 2016 @ 13:22

    Excelente matéria, com certeza me ajudou demais. Obrigado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X