Vale a pena pedir demissão para empreender? Saiba como avaliar!

Quando se tem uma ideia de negócio em mente, surge aquela dúvida: será que vale a pena pedir demissão para empreender? O conflito entre ficar na segurança do atual emprego ou partir para enfrentar o risco de iniciar seu próprio negócio do zero atormenta muitas pessoas.

Se você é uma delas, leia algumas dicas que preparei para ajudá-lo a solucionar esse impasse.

Entenda o que lhe motiva a empreender

Por que você quer empreender? É muito importante refletir sobre essa questão antes de aceitar esse desafio. A resposta para essa pergunta pode ser diversa: a possibilidade do ganho financeiro, paixão por uma ideia ou área, autonomia, autodesenvolvimento, solucionar problemas, impactar e facilitar a vida das pessoas etc. Seja qual for o seu motivo, ele deverá ser significativo o suficiente para mantê-lo engajado durante essa trajetória.

É indispensável levar em conta também que o empreendedorismo nem sempre é para todos. Pode ser ou não para você. Mas se o desejo de trilhar o próprio caminho é maior do que o de ficar na segurança do status quo, por exemplo, será mais fácil vencer a hesitação inicial.

Avalie: vale a pena pedir demissão para empreender nessa ideia de negócio?

Além de saber qual é sua real motivação, é essencial ter uma perspectiva de retorno positiva antes de apostar tudo em uma ideia. Elaborar um plano de negócios trará uma visão mais realista dos desafios do mercado.

O plano de negócios deverá:

  • indicar o diferencial do seu produto ou serviço;
  • apontar se, de fato, ele resolve um problema real;
  • identificar o público-alvo;
  • analisar a concorrência;
  • traçar uma meta de crescimento;
  • calcular o investimento necessário.

Além dele, há também as pesquisas de mercado. Essas duas ferramentas deverão fornecer todas as informações necessárias para identificar se o cenário é favorável ou não. Para saber como elaborá-las, leia um resumo.

Há ainda diversos recursos gratuitos que podem lhe auxiliar nessa etapa. Um deles é o Sebrae Canvas.

Prepare uma reserva financeira

O retorno financeiro não virá imediatamente. Ter uma reserva financeira de segurança vai deixá-lo mais protegido e confiante enquanto trabalha em seu próprio negócio. Imprevistos sempre podem acontecer. O ideal é manter uma quantia razoável para se sustentar o maior tempo possível.

Outra opção é contar com o apoio de familiares. Se sua família estiver envolvida nesse projeto, as chances de sucesso serão maiores.

Aprenda tudo o que puder sobre gestão de finanças e negócios

Se você ainda não possui esses conhecimentos, essa é a hora de adquiri-los, pois serão vitais para o sucesso do seu empreendimento. Estudar a distância pode ser uma boa opção!

Além disso, é necessário estar atualizado sobre as novas tecnologias e saber utilizar as redes sociais, pois são ferramentas indispensáveis para conquistar o seu espaço no mercado e chamar a atenção dos seus futuros clientes.

Por fim, esteja disposto a mudar sua rotina, estilo de vida e trabalhar muito mais do que em seu atual emprego. Pedir demissão para empreender é um desafio e tanto, mas extremamente recompensador!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X