Análise: por que você faz o que faz?

Análise por que você faz o que faz 3

“As pessoas não compram o que você faz; elas compram o porquê você faz.” A frase abordada na palestra Como Grandes Líderes Inspiram Ação, do inglês Simon Sinek, demonstra como grandes líderes e organizações conseguem vender seus produtos com maestria e ganhar destaque em um determinado segmento, muitas vezes contando com os mesmos recursos que os concorrentes têm (mas que não sabem como aproveitá-los).

.

Simon Sinek e o círculo dourado

Análise por que você faz o que faz 2
(Créditos: reprodução)

A palestra Como Grandes Líderes Inspiram Ação cita casos famosos como os produtos inovadores da marca Apple, a liderança de Martin Luther King durante o Movimento de Direitos Civis e a destreza dos irmãos Wright ao conseguirem um voo motorizado controlado com tripulação, mesmo com poucas qualificações e dinheiro, se comparados aos seus grupos concorrentes.

De acordo com Sinek, esses três casos apresentam fatores em comum. Mais do que isso: eles possuem um pensamento padrão que faz algumas pessoas se destacarem em meio as outras ou alcançarem resultados que parecem desafiar todas as suposições. O palestrante se refere a esse pensamento como círculo dourado: um padrão na forma como todos os grandes e inspiradores líderes e organizações no mundo pensam, agem e comunicam.

O círculo dourado parte do princípio de que a forma como as organizações e os líderes inspiradores pensam, agem ou se comunicam é de dentro para fora (e não de fora para dentro, como a maioria de nós faz, sempre partindo da coisa mais clara para a mais confusa), através da seguinte ideia: por quê, como e o quê.

.

Por quê? Como? O quê?

Análise por que você faz o que faz

Simon Sinek também aborda em sua palestra que todas as pessoas e organizações sabem exatamente O QUE fazem, algumas delas sabem COMO fazem, mas poucas sabem POR QUE fazem o que fazem. Essa pequena ideia ilustra por que algumas organizações e alguns líderes são capazes de inspirar pessoas, enquanto outros simplesmente não conseguem fazer isso.

A ideia de saber PORQUE você faz um determinado trabalho refere-se a ter um propósito, uma causa e uma crença. Todas os líderes devem ter esses três pontos, caso almejem vender seus produtos, realizar grandes projetos, ou mesmo se comunicar com outras pessoas.

Uma vez que você sabe “por que você faz o que faz” e, acima de tudo, acredita no seu trabalho, você vai atrair pessoas, compradores e clientes que também acreditam naquilo que você acredita. Segundo Simon Sinek, isso acontece justamente porque as pessoas não compram o que você faz, mas sim compram o porquê você faz. E o que você faz é uma prova do que você acredita.

Pense nisso em qualquer área, seja ela a área de Coaching, marketing, administração… A partir do momento em que você acredita no que faz, as pessoas acabam percebendo que existe um significado em adquirir aquilo que você tem a oferecer. Um exemplo disso é o próprio caso da Apple (citado na palestra):

Se a Apple fosse como todos os outros concorrentes, uma mensagem de marketing dela deveria se parecer com isso:

“Nós fazemos ótimos computadores. Eles são lindamente projetados, fáceis de usar e têm uma interface amigável. Quer comprar um?”

Sua resposta certamente seria ‘não’. E é assim que a maioria das pessoas se comunica e que muitas vendas são feitas. As empresas/pessoas dizem o que fazem, mostram como são diferentes ou melhores e esperam algum tipo de atitude, uma compra, um voto, alguma coisa do tipo.

Entretanto, é assim que a Apple realmente se comunica:

“Tudo o que fazemos, nós acreditamos em desafiar o status quo. Nós acreditamos em pensar de forma diferente. A forma que desafiamos o status quo é fazendo nossos produtos muito bem projetados, fáceis de usar e com uma interface amigável. Acabamos fazendo excelentes computadores. Quer comprar um?”

É totalmente diferente, inspirador e a única diferença entre os dois discursos foi a ordem das informações.

Talvez você ainda não seja um líder, mas talvez esteja em busca de um fator motivador que, de fato, te dará algum propósito. Esse é, aliás, um ponto abordado na palestra: por que você sai da cama pela manhã? Ou, no caso de você empreendedor, por que sua organização existe?

As pessoas que ainda não te conhecem raramente vão se importar com O QUE você faz, mas isso não impede que você possa demonstrar para elas o PORQUÊ você faz ou vende um determinado produto – e, com isso, fazê-las se identificar com seus sonhos e objetivos.

“… há líderes e há aqueles que lideram. Os líderes têm uma posição de poder ou autoridade. Mas aqueles que lideram nos inspiram. Sejam eles indivíduos ou organizações, nós seguimos aqueles que lideram, não porque temos de seguir, mas porque queremos seguir. (…) E esses que começam com ‘por que’ possuem a habilidade de inspirar aqueles a sua volta ou encontrar aqueles que os inspiram.”

.

Se você gostou do conteúdo acima e acha que ele serve de inspiração para seus projetos, sonhos ou produtos, deixe seu comentário ao final da página. Compartilhe conosco sua opinião sobre o tema!

(16) Comments

  • Jaqueline Da Selva 13 de maio de 2016 @ 04:06

    Excelente matéria! Explica como influenciados e somos influenciados.
    Mais um conteúdo de qualidade. Curto muito IMS.

  • Maria Leopoldina 17 de maio de 2016 @ 00:22

    Esse conteúdo me inspirou a colocar exatamente isso na minha comunicação, o porque faço coaching. Obrigada!

  • Auzenira Brito 17 de maio de 2016 @ 01:22

    Parabéns , esse trabalho é maravilhoso.

  • Nádia Barros 17 de maio de 2016 @ 01:46

    Caiu como uma luva ao que ando elaborando. Sublimando a parte dos irmãos Wright, foi providencial. Muito obrigada. Prosperidade Sempre!

  • Ana 17 de maio de 2016 @ 03:14

    Muito bom o artigo, casa com todas as profissões.

  • Livia Lucena 17 de maio de 2016 @ 03:35

    Muito bom, e inspirador para quem está a empreender.

  • Bruno 17 de maio de 2016 @ 09:41

    Realmente temos que primeiramente “SER” o exemplo da transformação. Isso inspira as pessoas. Parabéns pelo artigo.

  • Cris 17 de maio de 2016 @ 10:32

    Bom dia,
    Adorei essa matéria. …. o tema abordado é real. E eu creio a todo instante pra tudo na minha vida, Eu sou o que Acredito que sou. E isso faz toda diferença. Principalmente na minha auto estima.

    Abraço.
    Cris

  • Rosangela Tasca 17 de maio de 2016 @ 11:10

    A mensagem é fantástica. Falta tradução pra quem não entende o ingles. Bj, Maurício.

  • Samuel Alves 17 de maio de 2016 @ 12:11

    Bom dia, muito bom o artigo!
    Acredito que responder este “POR QUE” é a mesma coisa de pescarmos um peixe com o que ele gosta de como, e não com o que gostamos de comer.

  • Hermes Custodio 17 de maio de 2016 @ 18:56

    Muito boa abordagem naquilo que se propôe. queria mais material para aprofundar essaa abordagem

  • marina 17 de maio de 2016 @ 20:28

    Sensacional me senti poderosa, como já estivesse fazendo isso a anos. Fiquei motivada avançar mais dentro do meu mundo. É ótimo.

  • ROSELI TEREZINHA CUNHAGO BRAVO 18 de maio de 2016 @ 20:00

    Ótima e real mensagem. Temos que saber porque fazemos, qual o razão e o que nos motiva. Muitíssimo grata Maurício por compartilhar seus conhecimentos.

  • Rosemeire M. Lanes 20 de maio de 2016 @ 10:46

    Caro Mauricio, gosto muitíssimo das suas postagens e todas, todas me servem como inspiração e principalmente motivação. Obrigada!!!

  • Cleide 22 de maio de 2016 @ 09:01

    Excelente conteúdo!

  • ECLY SANTOS 27 de maio de 2016 @ 19:31

    Boa Tarde!

    Gostei muito do tema abordado nesse artigo. São situações bastantes vividas nas organizações e o melhor que vimos o quanto não sabemos nada do que estamos fazendo ou por que faz. Isso me fez despertar o motivo porque estou fazendo e porque faço.

    Obrigada por compartilhar esse artigo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *