Descubra como planejar um ano sabático!

Em meio ao caos diário da vida moderna, muitas pessoas sonham com a possibilidade de se livrar das obrigações corriqueiras nem que seja por alguns dias. Ainda assim, conseguir reservar um tempo livre para renovar as energias, pensar em novos propósitos e promover mudanças pessoais ou profissionais parece impossível.

Por isso, vou falar sobre como planejar um ano sabático no artigo de hoje. Vamos conversar sobre o surgimento do conceito e sua aplicabilidade. Vem comigo!

Como surgiu o conceito de período sabático?

A palavra sabático aparece inicialmente na bíblia e se refere ao tempo de descanso. Ela remete tanto ao sábado (que, de acordo com a cultura hebraica, deveria ser reservado para o descanso e a busca espiritual) quanto à cessação do cultivo da terra, que acontecia a cada 7 anos, dentre outras práticas.

No entanto, a ideia de se livrar das obrigações habituais durante certo tempo se mantém viva nos dias atuais, embora tenha sofrido adaptações e nem sempre siga as mesmas regras. Isso porque um período sabático pode variar de acordo com as possibilidades de cada pessoa: até mesmo curtas pausas podem ser aproveitadas nesse conceito.

Período sabático não é sinônimo de férias

É importante ressaltar que o período sabático não é sinônimo de férias, já que o tempo é usado para o desenvolvimento de algum projeto particular. Ele pode ser:

  • a aquisição de uma nova habilidade;
  • um intercâmbio;
  • a elaboração de um projeto de pesquisa científica;
  • até algum propósito mais subjetivo, como a prática de meditação e a ida a um retiro.

Por se tratar de uma busca individual, não é incomum que esse período seja vivido solitariamente. As pessoas que desejam colocar em prática essa ideia recorrem a diferentes possibilidades, seja fazendo um acordo com a empresa em que trabalham ou preparando uma reserva financeira e pedindo demissão.

O que precisa ser considerado é o propósito desse tempo sabático: se estiver alinhado com a carreira profissional do indivíduo, as chances de a organização apoiar o projeto ou, pelo menos, garantir a manutenção do cargo aumentam. Todas essas questões devem ser consideradas ao se pensar no planejamento de um ano sabático.

Até mesmo em um ambiente acadêmico, há pertinência para a realização de um período sabático. Exemplo disso é o Programa Ano Sabático, do Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo. São selecionados professores de seu corpo docente para que se dediquem a projetos científicos com duração de 6 meses a um ano.  

Quais são as vantagens desse tipo de iniciativa?

O que as pessoas buscam ao empreender um período sabático? Autoconhecimento, novos relacionamentos, desenvolvimento de habilidades e aventura (por que não?) são as respostas de muitas delas.

Esse tempo pode ser dedicado a uma tarefa específica ou, simplesmente, um convite ao inesperado. Seja como for, traz uma série de benefícios pessoais. Veja, a seguir, alguns deles!

Viver novas experiências

Sem as obrigações diárias, o caminho fica livre para as novas experiências. Nunca se sabe o que vamos encontrar em um caminho novo. Até mesmo quando se trata da busca por soluções, mudar de ambiente pode trazer respostas inesperadas.

Esse foi o caso do cientista israelense Daniel Shechtman, agraciado com o Nobel de Química de 2011. O pesquisador fez a descoberta que o rendeu esse título enquanto passava um período sabático nos EUA.

Ampliar a bagagem cultural

Quando passamos tempo demais no mesmo lugar, convivendo com as pessoas de sempre, tendemos a enraizar profundamente os hábitos e as normas do grupo social do qual fazemos parte. Por isso, quando o período sabático acontece em um local que tem uma cultura diferente, as chances de se ampliar a bagagem cultural são abundantes.

Como fazer um planejamento corretamente?

Deixar tudo para trás e superar o medo do desconhecido para buscar um tempo só para si é possível com algum planejamento. Por isso, não deixe de levar em consideração as questões abaixo.

Gastos previstos

Esse é, certamente, o passo mais importante do planejamento de um período sabático, já que é ele que vai tornar possível tirar tal plano do papel. Portanto, calcule todos os gastos com antecedência e cuidadosamente.

Tenha uma reserva financeira suficiente para todo o período planejado, seja 3 meses ou um ano. Os custos devem cobrir passagens, alimentação, hospedagem, documentação, passeios etc.

Também é possível explorar outras formas de conseguir se manter em outra cidade ou país, como trocando habilidades por hospedagem. É necessário refletir sobre imprevistos que podem acontecer e se preparar para lidar com obstáculos circunstanciais.  

Pressão de amigos e familiares

Compartilhe seu plano com familiares e amigos próximos, mas tenha em mente que pode haver resistência e oposição da parte deles. Nem todos reconhecem tal prática como uma ação benéfica, considerando-a apenas perda de tempo.

Geralmente, essa opinião é sustentada pela alta competitividade do mercado de trabalho. Nesse contexto, dar um tempo da rotina pode ser visto como uma perda de espaço e influência.

No entanto, se o objetivo é a busca por renovação profissional ou pessoal, vale a pena ignorar a pressão de tais pessoas. O objetivo deve ser definitivo e bem planejado, para evitar que seja difícil se desvencilhar das preocupações após dar início ao período.

Planejamento

Um tempo sabático deve ser tranquilo e servir para esquecer as preocupações corriqueiras. Mas, para tanto, é necessário um planejamento minucioso, para que seja possível tirar um maior proveito da experiência e alcançar um estado mental de fluidez.

Para evitar levar as preocupações com você, delegue todas as atividades que dependem de sua atuação. Isso vale tanto para imóveis que precisem ser cuidados ou contas que devam ser pagas.

Destino

Ao optar por um destino, considere qual é o objetivo que deseja alcançar. Vale considerar que não é necessário ir muito longe ou mesmo viajar para conseguir um período sabático.

Mas, se essa for sua intenção, considere as características desejáveis dos lugares em que pretende ficar e analise se eles são propícios ao desenvolvimento de seu objetivo.

Conseguir fugir do dia a dia acelerado durante um tempo e descobrir como planejar um ano sabático são tarefas desafiadoras, que provocam um ambiente oportuno para mudanças positivas. No entanto, é preciso vencer a hesitação e adquirir recursos.

Por isso, convido você a fazer perguntas e compartilhar suas experiências conosco. Deixe um comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *