Saiba como fazer um planejamento estratégico de carreira

Você tem clareza sobre quais são seus objetivos profissionais e em quanto tempo vai atingi-los?

O que você está fazendo atualmente, está contribuindo de fato para que esses objetivos sejam alcançados?

Se você não tem certeza sobre que respostas dar a essas perguntas, sua carreira pode estar em risco. Mas calma, você pode consertar isso!

Eu vou lhe mostrar como e porquê elaborar um planejamento estratégico de carreira.

Por que fazer um planejamento estratégico de carreira?

Não ter um plano estratégico é abdicar do controle sob a sua própria carreira. Do contrário, se você tem metas profissionais e sabe exatamente onde quer chegar, dificilmente será jogado de um lado para o outro pelas flutuações do mercado.

A maioria dos profissionais que não têm um plano estratégico, deixa que o mercado de trabalho defina a sua carreira. O risco de frustração desse tipo de comportamento é muito maior, já que a trajetória profissional desse indivíduo não está, de fato, em suas mãos.

Ao elaborar um plano estratégico de carreira, o profissional adota uma postura consciente sobre quem ele é no mercado de trabalho, direcionando de forma inteligente seu tempo e recursos para atingir metas realistas que o levarão ao patamar almejado.

Esse tipo de profissional está no controle e, certamente, obtêm maiores chances de construir uma carreira significativa e alinhada aos seus valores e propósitos individuais.

Como desenvolver seu plano estratégico de carreira?

O desenvolvimento de um plano estratégico de carreira passa por 4 etapas. As quais são:

  • diagnóstico do estado atual;
  • identificação do estado profissional desejado;
  • mapeamento das habilidades e conhecimentos que são necessários para atingir os objetivos pretendidos;
  • elaboração de um plano de ação, em que devem ser listadas pequenas metas e prazos para alcançar o estado almejado.

Para facilitar a elaboração do seu plano, vou detalhar cada etapa a seguir e propor algumas questões para que você reflita sobre a sua trajetória profissional. Acompanhe!

Reflita sobre seu estado atual

Pense sobre o estado da sua carreira atualmente, em especial os pontos que lhe incomodam. Liste as características que precisam de melhoria e reflita sobre a forma como você executa seu trabalho.

A seguir, apresento algumas perguntam para nortear seu diagnóstico:

  • que conhecimentos e qualificações eu possuo?
  • o que eu entrego com o meu trabalho?
  • que tipos de problemas eu resolvo?
  • o que me incomoda?
  • como minha vida profissional tem interferido na minha vida pessoal?
  • estou satisfeito com meu salário?
  • estou feliz com minha posição hierárquica?

Defina o estado profissional desejado

Agora, reflita sobre o que seria um bom estado profissional. Pondere sobre as questões abaixo:

  • que responsabilidades você ficaria feliz em assumir?
  • que tipos de desafios seriam estimulante enfrentar?
  • em que tipo de ambiente seria agradável trabalhar?
  • que conhecimentos agregariam valor ao trabalho que você executa?
  • quanto você gostaria de receber?
  • como você gostaria de ser reconhecido?
  • em que nível hierárquico gostaria de estar?

Elabore um plano de ação

Mapeie quais qualificações, conhecimentos e ações lhe separam do estado profissional desejado e elabore um plano de ação para adquiri-las. Siga as etapas abaixo:

  • liste todos os conhecimentos e recursos que são necessários para que os seus objetivos profissionais sejam atingidos. Por exemplo, um MBA, habilidades de liderança, capacidade de comunicação, marketing pessoal, entre outras.
  • fracione em pequenas metas;
  • estabeleça prazos realistas para alcançar as metas estabelecidas.

Não tenha medo de sair da sua zona de conforto

Fazer um planejamento estratégico de carreira é, sem dúvidas, o primeiro passo para sair da sua zona de conforto profissional. Por isso, ao planejar as próximas ações da sua carreira, não tenha medo de estabelecer metas ambiciosas e colocar no papel seus desejos profissionais, sempre atentando para permanecer realista e estabelecer objetivos e metas razoáveis.

Descubra o que realmente lhe motiva

Refita sobre as suas motivações para alcançar aquele estado profissional desejado. Tenha sempre claro o que realmente lhe motiva, pois suas motivações deverão fornecer a energia necessária para que você se engaje em atingir o patamar almejado e, por essa razão, devem ser significativas o suficiente.

Sua motivação pode ser retorno financeiro, satisfação pessoal, ter mais tempo com a família, oportunidade para liderar outras pessoas etc.

Quem pode lhe auxiliar nesse processo?

Para auxiliá-lo nesse processo é válido contar com a ajuda de colegas de trabalho e amigos, assim como investir em programas de mentoring. Aposte alto em recursos que proporcionarão autoconhecimento, pois é essa habilidade que o manterá alinhado com as expectativas e valores que realmente importam para você, enquanto elabora seu plano estratégico.

Além disso, o autoconhecimento ampliará seu leque de oportunidades e poderá mostrar novas possibilidades e caminhos que não haviam sido considerados antes.

Investir em um bom programa de mentoria pode ser o diferencial que você procura. Descubra como um mentor pode ajudá-lo a desenvolver seu plano estratégico de carreira da melhor forma possível!

Experiência e visão de mercado

O mentor é um profissional que já passou pelos desafios que você está enfrentando e costuma oferecer alta performance. Ele dividirá as experiências e aprendizados acumulados ao longo dos anos com você. Além disso, terá acesso a uma visão de mercado madura e experiente que o colocará à frente dos seus colegas de profissão.

Ademais, o papel do mentor é propor questões que o provoquem a refletir sobre sua trajetória profissional, além de mostrar caminhos para o aprimoramento. Ele poderá propor novos direcionamentos e mostrará possibilidades que você, provavelmente, não perceberia.

Autonomia

Sendo ele mesmo um profissional de excelência, a tendência é que o mentor estimule o senso de autonomia do mentorado que, por sua vez, terá à disposição uma grande diversidade de conhecimentos. O programa de mentoring proporciona a chance de absorver uma quantidade considerável de conhecimento em um tempo relativamente pequeno.

Ampla rede de networking

Além de contar com a experiência e conhecimentos do mentor, o programa de mentoria é uma excelente chance de ampliar sua rede de contatos profissionais e encontrar parceiros para seus projetos futuros.

Por fim, lembre-se que seu planejamento estratégico de carreira não é um documento estático, ele pode — e deve — ser alterado e adaptado quando novas informações se tornarem disponíveis. A cada trimestre, verifique se suas metas estão sendo atingidas e, sempre que for necessário, faça alterações e adote novas estratégias.

Gostou dessas dicas e quer continuar aprendendo? Leia mais sobre planejamento pessoal e de carreira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *